quinta-feira, 16 de junho de 2011

Xadrez

Esse nosso velho conhecido está em alta nesse inverno. Presente em quase todas as décadas da cena fashion desde o início do século XX, o xadrez vai e volta, às vezes retornando com algumas variações na cor e no tamanho.

Antes usado somente por homens, o xadrez foi introduzido por Coco Chanel na moda feminina por volta de 1916.

No final dos anos 70 e início dos 80, a inglesa Vivienne Westwood usou o xadrez para compor o visual do movimento punk.

Na década de 90, ele vem com força total no movimento musical grunge, que tinha como seu maior representante o vocalista do grupo Nirvana, Kurt Cobain.

Agora, no nosso inverno 2011 ele vem nas camisas, que já são vistas nas lojas e nas ruas.

As variedades de xadrez são muitas. Tem xadrez para todos os gostos!Veja a seguir:


Argyle: xadrez formado por losangos transpassados por listras. As cores são contrastantes.

Príncipe de Gales: famoso por ter sido usado pelo Príncipe de Gales Eduardo VII da Inglaterra, no século XIX. Em tons neutros, é discreto e sóbrio. Ideal para roupas de alfaiataria.

Buffalo: xadrez simples, com duas cores e listras grossas

Burberry: inspirado no tartan, esse xadrez foi criado no início do século XX pela grife inglesa Burberry, tendo como marca registrada o uso das cores bege, vermelho, preto e branco.
 

Tartan: era usado nos kilts ( saiotes escoceses masculinos, usados no século XVIII para identifcar diferentes clãs).

Pied-de-poule: do francês "pé de galinha", foi transformado em um clássico por Chanel.

Madras: delicado, linhas coloridas, tecido leve.

Vichy: leva o nome da cidade francesa onde surgiu e lembra uma toalha de piquenique. Ficou famoso após ser usado por Brigitte Bardot. Muito usado na década de 50.


 
Xadrez no desfile Chanel


 







 

Imagens: reprodução.

terça-feira, 14 de junho de 2011

Garçonne: o novo boyfriend

O guarda-roupa feminino sempre teve uma queda pelo masculino. Recentemente, o jeans boyfriend, o blazer oversized e o sapato oxford podiam ser vistos - e  ainda são - por aí, enfeitando as produções femininas. Mas agora, de acordo com a Vogue, o estilo boyfriend  sofreu algumas modificações  e  foi rebatizado de garçonne.


A nova estética é uma mistura entre elementos femininos e o rigor dândi ( aquele homem que se veste com apuro, com peças bem cortadas e de qualidade). O segredo é  usar elementos de inspiração masculina, porém sem perder a feminilidade. Nada de grunge ou exageradamente masculino. Os terninhos, por exemplo, são ajustados ao corpo. Entre as representantes dessa tendência estão Stella McCartney -  com sua alfaiataria minimalista e super feminina -, Inès de la Fressange e a atriz Tilda Swinton.




 



 

Imagens: reprodução.

sábado, 11 de junho de 2011

Caneta Arezzo = caneta Marc by Marc Jacobs

Minha caneta Marc by Marc Jacobs

Quando fui a Paris, um dos itens da minha wish list era uma caneta em forma de batom do Marc Jacobs. Mas agora, você não precisa ir a Paris, NY ou pagar mais caro por ela aqui no Brasil para ter essa fofura. A Arezzo lançou uma simplesmente idêntica e ainda tem a versão cor de rosa! O preço? R$ 14,90! Veja aqui.




Imagem: colagem feita por mim com fotos da Arezzo.

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Amarelo: alegria solar.

Algumas cores nunca passam despercebidas. Se há uma cor que chama a atenção para o look é o amarelo. Vibrante como a luz solar,  ela é especialmente bonita quando usada em uma peça específica coordenada com outra cor, dando vida à produção e mudando totalmente o look.











Na decoração, produz o mesmo efeito e dá um toque de alegria ao ambiente.







Imagens: reprodução, Fashion Magazine, Stockholm Street Style, Style Scrapbook, reprodução, The blonde salad, Young Sophisticates, Country Living, Estilo, House Beautiful, Apartmente Therapy, Habitually Chic.
Blog Widget by LinkWithin