segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Nessa semana, que tal...

Mais uma semana se inicia. Entra semana e sai semana, e a gente acaba cedendo aos apelos da rotina. A vida é corrida e quando nos damos conta percebemos que estamos fazendo sempre as mesmas coisas, dedicando pouco tempo pra nós mesmas e para as pessoas que a gente ama. Você já parou para pensar nisso?
Minha proposta para você, nessa semana, é incluir pequenas ações que poderão lhe dar prazer, dando-lhe um novo gás para enfrentar a correria dos seus dias e acrescentando mais qualidade ao seu estilo de vida.
Portanto, nessa semana, que tal...
1- ficar próxima de pessoas honestas e positivas. Conviver com pessoas que nos inspiram faz com que a vida seja mais leve e que acreditemos mais no ser humano.
 
 
2- usar uma nova cor ou uma combinação de cores que você nunca experimentou. Amarelo com vermelho, coral com turquesa; você decide! 
    
 
3- ligar para aquele(a) amigo(a) com quem você não conversa há tempos, mas que mora no seu coração.
 
 
4- separar uma horinha do seu tempo para ler a sua revista favorita, o livro que você adora ou aquele blog interessante.
 
5- aventurar-se na cozinha: compre os ingredientes e prepare aquele prato ou aquela sobremesa que você tanto gosta. Não tem a receita? Faça uma busca no Google.

6- dizer a quem você ama  - seja um(a) companheiro(a), um familiar, um(a) amigo(a)  - o quanto ele(a) é importante para você. Amar e ser amado é muito bom e isso fará bem tanto para você quanto para quem ouvir a sua declaração. 
 
 
7- criar coragem e dar aquela arrumação que vem sendo adiada há tempos, seja no armário, na gaveta ou na estante. O processo pode ser chato, mas ao final dele você se sentirá leve, com a sensação de dever cumprido.
 
Sete sugestões; uma para cada dia da semana! Faltou alguma coisa? Crie a sua própria lista, de acordo com as suas necessidades e desfrute de cada dia!
Uma ótima semana para você!
 
Imagens: reprodução.

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Experientes e cheias de estilo!



Ruth, aos 101 anos de idade!
A expectativa de vida aumentou, a população envelheceu e os que passaram dos 60,70 ou 80 anos não são mais como aqueles que estavam nas mesmas faixas etárias há até poucas décadas atrás. Esse fato não é novidade para ninguém e eu já comentei sobre isso aqui no blog. Novidade mesmo é perceber, com alegria, que o mundo fashion vem valorizando e respeitando cada vez mais aqueles que já entraram na terceira idade e que cultivam  um estilo de vida saudável, mantendo-se intelectualmente e socialmente ativos, trazendo em sua bagagem muito mais do que rugas e cabelos brancos. Trazem muita história e experiência de vida.

Algumas grifes começaram a perceber que seus clientes são pessoas acima dos 40 anos. Em 2009, Marc Jacobs chamou Elle MacPherson, que já havia passado dos 45 anos na época, para desfilar na sua passarela. No Brasil, Ronaldo Fraga também já convidou homens e mulheres da terceira idade para a sua coleção de inverno 2009.





Entre os blogs de street style - cujo foco está na população jovem - existe um que só fotografa looks de pessoas  maduras. É o Advanced Style, que mostra pessoas estilosas de idade avançada.




No mundo da moda, uma boa representante desse grupo que trabalha, pratica uma atividade física e mantém uma rotina ativa é a elegante Costanza Pascolato, que já foi clicada por fotógrafos de street style como Scott  Schuman ( The Sartorialist ) e Garance Doré.







E o que dizer de Iris Apfel, 91 anos,  que virou ícone da moda depois dos 80 anos? Jimmy Choo criou um sapato inspirado nela, no valor de US$ 1.500, sobre o qual ela comentou: "Inspirar um sapato caro é muito lisonjeiro. Mas só poderia usar  um salto de mais de 10 cm se me dessem junto um médico ortopedista". Quer ler mais sobre ela? Veja essa reportagem aqui.








A idade certamente tem suas limitações. Mas encarar a vida com estilo, sabedoria e bom humor...  para isso não há limites!

Imagens: Advanced Style, Garance Doré, reprodução.

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Sobreposição : estilo em camadas

Quem viaja para outro país no período do inverno já sabe: uma das dicas é vestir-se em camadas, para enfrentar tanto o frio rigoroso ao ar livre quanto o calor da calefação dos ambientes internos. Mas a sobreposição não é exclusividade dos estrangeiros e nem é uma solução apenas para os países gelados.
 
 
 
Aqui em terras tupiniquins também é possível lançar mão da sobreposição para criar looks incríveis e originais no seu dia a dia! Quer algumas razões e dicas para se arriscar na sobreposição? Então vamos lá:
- ela te possibilita fazer um novo uso das peças que você já tem no seu armário, o que irá resultar em produções inéditas, talvez nunca antes experimentadas por você;
- além de fazer com que você olhe de um novo jeito para algumas peças das quais você estava cansada, dando um novo motivo para que você as use, a sobreposição ainda te ajuda a economizar;
- permite que você use algumas peças do verão em pleno inverno, como por exemplo um vestido t(tomara-que-caia, de alcinha ou manga curta) com uma blusa de mangas compridas por baixo e um casaco por cima;
- os coletes são uma boa opção , como os de estilo militar ou os de pelo, que podem ser usados sobre uma jaqueta, dando um ar bem moderno;
- você pode brincar com o contraste de comprimentos e cores;
- as blusas justas - lisas ou com listras finas - funcionam bem na sobreposição;
- peças com manga 3/4 também ficam interessantes sobre outra de manga comprida;
- por agregar volume ao look, fique atenta ao seu tipo de corpo e invista apenas em produções que irão favorecê-la (a lã exige um cuidado especial, pelo volume que traz);
- não misture muitas peças sem critério, pois isso pode criar um visual confuso e fazer com que você pareça desarrumada.
 
 
  
 


 
Dadas as dicas, que tal ir para a frente do espelho e fazer uma experiência? Veja o que lhe cai bem e use sem medo!
 
Imagens: Atlantic-Pacific, Ana Clara Garmendia, Look do Dia, Elle, Tumblr, WWD

domingo, 2 de setembro de 2012

Meu estilo : look do fim de semana


Para passar o dia caminhando ao ar livre, o melhor é optar pelo conforto. Boyfriend jeans com suéter e camisa,  chapéu ( e filtro solar) para proteger do sol e nos pés, botas de salto baixo.


 
 
Suéter, camisa e cinto: Zara
Jeans: C&A
Botas: Arezzo
Chapéu: comprado em uma feira de artesanato


sábado, 1 de setembro de 2012

Alexandre Birman: empreendedorismo brasileiro!



Sou fã assumida e cliente fiel dos produtos Arezzo. Dos nossos 40 anos de existência (sim, temos a mesma idade), passei mais da metade usando os sapatos da marca, sem qualquer arrependimento. A qualidade , o conforto e o respeito para com o cliente conquistaram a minha fidelidade e o meu respeito como consumidora (nas duas únicas situações em que tive problemas com sapatos com pouco uso, a loja me deu sapatos novos em substituição aos que apresentaram problemas, após analisar os casos) .  Mas Anderson Birman, o fundador da empresa, fez mais do que construir um império dos calçados e acessórios femininos; ele formou dentro de casa um grande empreendedor:  seu filho, Alexandre Birman. Fiquei admirada ao ler o texto de Bruno Astuto sobre o empresário, na revista Época dessa última semana.  
 
Alexandre Birman começou a trabalhar na empresa da família aos 12 anos, estimulado pelo pai, quando começou a conhecer todas as etapas da produção dos calçados. Aos 15, pediu emprestado ao pai um terreno em Belo Horizonte, para fazer um estacionamento. Aos 18 anos, comprou um carro com seu próprio dinheiro. Aos 19 anos, criou a Schutz - que significa proteção, em alemão. A empresa nasceu porque Alexandre viu uma palmilha de cortiça e borracha numa feira italiana de calçados, ideal para praticantes de mountain bike e deu ao pai a ideia de fabricar o modelo na Arezzo. A ideia foi vetada pelo pai, que achou o calçado esportivo demais para a Arezzo, sugerindo ao filho que ele montasse seu próprio negócio.



Além das lojas no Brasil, o empresário agora se prepara para inaugurar a primeira loja fora do Brasil, no próximo dia 5 de setembro,  em Nova York. Será a 36ª filial da Schutz e ficará na Madison Avenue, local da moda de alto luxo na cidade.  A marca já tem números impressionantes de faturamento e só na inauguração da filial de Florianópolis foram vendidos R$94 mil em apenas  quatro horas!   
 
Mas a Schutz não é a única marca de Alexandre. A Alexandre Birman, criada em 2009, é voltada para o segmento de alto luxo e caiu nas graças de Hollywood, quando a atriz Leighton Meester afirmou estar apaixonada pelos calçados da grife no seriado Gossip Girl. Nem é preciso dizer que choveram pedidos na empresa assim que o episódio foi ao ar, né?
 
Alexandre é um empresário de sucesso, um exemplo de empreendedorismo e um orgulho para o Brasil. O empresário tem planos ambiciosos e afirma que quer ser "a Zara dos sapatos". Alguém aí duvida que ele irá conseguir?


Imagens: reprodução.  
Blog Widget by LinkWithin